Friday, 30 November 2012


LISTA DA CLASSIFICAÇÃO MÉDIA DAS CIDADES CAPITAL DE DISTRITO


Editamos a listagem de Novembro de 2012 da classificação média obtida através do StreetRank das ruas das cidades capitais de Distrito de Portugal continental.

Até ao momento apenas a cidade de Lisboa está completamente classificada, no que se reflecte no valor médio mais baixo apurado. Todas as outras cidades estão incompletas, pelo que os próximos apuramentos poderão indicar alterações importantes.

1. Braga (11.85)
2. Beja (11.41)
3. Porto (11.38)
4. Setúbal (11.09)
5. Guarda (10.89)
6. Vila Real (10.81)
7. Viseu (10.57)
8. Bragança (10.50)
9. Coimbra (10.48)
10. Viana do Castelo (10.45)
11. Portalegre (10.33)
12. Santarém (10.32)
13. Évora (10.21)
14. Castelo Branco (10.15)
15. Faro (10.15)
16. Leiria (10.14)
17. Aveiro (9.60)
18. Lisboa (9.07)

Até ao momento, as 10 ruas melhor classificadas em Portugal continental foram as seguintes :

1. Alameda Eça de Queiroz (Porto) - 15.08
2. Campo Pequeno (Lisboa) - 14.83
3. Avenida Fernão de Magalhães (Porto) - 14.75
4. Avenida Alexandre Herculano (Setúbal) - 14.75
5. Avenida Luisa Todi (Setúbal) - 14.75
6. Campo Grande (Lisboa) - 14.67
7. Avenida Rodrigues de Freitas (Porto) - 14.58
8. Avenida António Augusto de Aguiar (Lisboa) - 14.42
9. Avenida 22 de Dezembro (Setúbal) - 14.33
10. Rua do Bonfim (Porto) - 14.25


Saturday, 24 November 2012


QUAL O IMPACTO DO STREETRANK NO PREÇO DAS CASAS ?


O preço de um imóvel para habitação é estabelecido com base em vários factores, nomeadamente a sua localização, a sua área, a sua tipologia, a sua qualidade, as condições de mercado em relação à oferta e à procura.

Em relação à localização é conhecido o impacto da mesma no preço final de uma casa. Imóveis em tudo semelhantes podem ter preços muito dispares se situados em zonas diferentes. A questão que se coloca é qual o impacto da zona e das suas características nesta diferença de preço ? Ou quais os factores que provocam esta diferença ? Será a centralidade ? ou a existência de comércio e serviços ? Será que o ambiente do bairro influencia negativamente ou positivamente a evolução dos preços ?

Vários estudos efectuados nos últimos 15 anos têm demonstrado uma correlação entre o preço das casas e as características do local em relação aos parâmetros que compõe o Streetrank. Alguns destes estudos chegam a estimar qual o aumento do preço de um imóvel por cada ponto de acréscimo no Streetrank.

Estes resultados demonstram que cada vez mais, os consumidores e o mercado imobiliário, atribuem um valor positivo às zonas onde existe comércio, serviços, escolas e espaços verdes. Há uma nova tendência que valoriza a vida na cidade sem o automóvel, nomeadamente pela possibilidade de efectuar a maioria das actividades diárias sem necessidade de usar este veículo.

O maior activo de uma cidade é a facilidade com que as pessoas podem aceder a uma elevada oferta de trabalhos, bens, serviços e interacções sociais. Dentro destas ofertas é valorizada a proximidade das mesmas dentro da cidade, daí a importância da centralidade.

Há cerca de 20 anos, o Prémio Nobel da Economia, Robert Lucas, questionava o facto das pessoas e empresas não se deslocarem para fora dos centros urbanos, visto poderem aceder a propriedades mais baratas e assim aumentarem os seus lucros. Ele sugeriu que as pessoas aceitam pagar preços mais elevados nos centros urbanos pela oportunidade de interagirem com um número muito maior de pessoas. Ou seja, os consumidores e as empresas atribuem um maior valor à proximidade e variedade de escolha daquilo que encontram nas cidades.

As vantagens intrínsecas de uma cidade consistem na variedade de escolha para o consumidor, na diversidade de experiências, na facilidade de acesso a estas escolhas e experiências, e na oportunidade de descobrir novos bens, serviços e experiências. A proximidade aumenta a mobilidade, as poupanças em deslocações, a saúde indívidual, e a interacção social.

Em 2007 um estudo realizado nos EUA pela National Association of Realtors concluiu que 57 % dos inquiridos concorda que  “as empresas e as habitações devem estar próximas umas das outras, para que comércio e serviços estejam acessíveis sem que seja preciso usar o automóvel”.

A quebra dos mercados financeiros, o decréscimo do preço das casas face ao excesso de oferta, a retracção do consumo, a reestruturação do sector automóvel, a incerteza futura acerca do preço da energia e a pressão das alterações climáticas obrigam a criar novas estratégias no desenho e gestão das nossas cidades.

Os parâmetros que compõe o Streetrank estão intimamente ligados ao preço das casas. Ainda não sabemos quais são os mais relevantes, mas é certo que a proximidade e a centralidade desempenham um papel cada vez mais importante nas nossas decisões. 

Thursday, 22 November 2012

OS 10 MUNICIPIOS COM MAIS POPULAÇÃO RESIDENTE

O CENSUS 2011 apurou que os concelhos com mais habitantes em Portugal são os seguintes :

1. Lisboa : 547733 hab. (564657 em 2001);
2. Sintra : 377835 hab. (363749 em 2001);
3. V.N. Gaia : 302295 hab. (288749 em 2001);
4. Porto : 237591 hab. (263131 em 2001);
5. Cascais : 206479 hab. (170683 em 2001);
6. Loures : 205054 hab. (199059 em 2001);
7. Braga : 181494 hab. (164192 em 2001);
8. Matosinhos : 175478 hab. (167026 em 2001);
9. Amadora : 175136 hab. (175872 em 2001);
10. Almada : 174030 hab.



Os concelhos que tiveram uma maior variação positiva da população foram :

1. Santa Cruz (Madeira) : + 44,7 %
2. Mafra : + 41,1 %
3. Alcochete : + 35,0 %
4. Sesimbra : + 31,1 %
5. Montijo : + 30,8 %
6. Albufeira : + 29,4 %
7. Arruda dos Vinhos : + 29,4 %
8. Benavante : + 24,8 %
9. Portimão : + 24,1 %
10. Porto Santo : + 22,6 %

Os concelhos que tiveram uma maior variação negativa da população foram :

1. Alcoutim : - 22,6 %
2. Mourão : - 17,6 %
3. Montalegre : - 17,4 %
4. Idanha-a-nova : - 16,7 %
5. Meda : - 16,6 %
6. Alijó : - 16,6 %
7. Carrazeda de Ansiães : - 16,6 %
8. Mértola : - 16,5 %
9. Manteigas : - 16,2 %
10. Figueiró dos Vinhos : - 16,1 %

Fonte : I.N.E. (Census 2011)


Saturday, 17 November 2012



LIFE EXPECTANCY AT BIRTH IS ONE OF OUR EVALUATION PARAMETER

Life expectancy in the European Union countries increased more than six years in two decades, shows the latest report from Organization for Economic Co-operation and Development, released today. On average, women in the EU live up to 81.7 years and men to 75.3 years.

Portugal is in 16th place, above the EU average : at birth, life expectancy of of portuguese women is 82.6 years, and portuguese men is 76.5. Just below is the UK. And high above, at  the top, are France, with the highest value for women (86 years), and Sweden for men (79.4).

At the end of the table, is Bulgaria and Romania, where the life expectancy of women is no more than 77.3 years. In Lithuania, men live on average only up to 67.3.



ESPERANÇA MÉDIA DE VIDA É UM DOS PARÂMETROS DA NOSSA AVALIAÇÃO


"A esperança de vida nos países da União Europeia aumentou mais de seis anos em duas décadas, mostra o último relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), hoje divulgado. Em média, as mulheres da UE vivem até aos 81,7 anos e os homens até aos 75,3 anos.
Portugal está acima da média comunitária, em 16º lugar: à nascença, a esperança de vida das portuguesas é de 82,6 anos e dos portugueses 76,5. Logo abaixo fica o Reino Unido. E bem acima, na liderança, estão a França, com o valor valor mais elevado para as mulheres (86 anos), e a Suécia para os homens (79,4).
No fim da tabela, encontra-se a Bulgária e a Roménia, onde a esperança de vida das mulheres não ultrapassa os 77,3 anos. Na Lituânia, os homens vivem em média apenas até aos 67,3.", in EXPRESSO

Tuesday, 13 November 2012



RANK THE STREETS WHERE YOU HAVE PROPERTIES FOR SALE



Property Consultants know like no other, the places where they work. Not only the streets, but also, commerce, services or green areas.

Given that more and more people value the characteristics of the area where they are looking for a property there are a growing number of those, visiting STREETICS,  before making a decision about buying or renting an apartment.

Take the opportunity to value the streets where you have properties to sell or rent. It's quite simple. Just enter on STREETICS, register and classify these streets on "Parking", "Commerce", "Services" and "Surrondings" parameters, through the "STREETIC" function.



Contributes for a better decision from yout potential costumers, and to value best features on that streets.


VALORIZE AS RUAS ONDE TEM IMÓVEIS PARA COMERCIALIZAR


Os consultores imobiliários conhecem como poucos as cidades onde trabalham. Não só as ruas, como o comércio, os serviços ou os espaços verdes.

Tendo em conta que cada vez mais pessoas valorizam as características da zona onde procuram um imóvel, é crescente o número das que visitam o STREETICS - www.streetics.com - antes de tomarem uma decisão sobre a compra ou arrendamento de um apartamento.

Aproveite para também valorizar as ruas onde tem imóveis para comercializar. É bastante simples. Basta entrar no STREETICS, inscrever-se e classificar essas ruas ao nível do Estacionamento, Comércio, Serviços e Ambiente, através do botão "STREETIC". 

Contribuí assim para que os seus potenciais clientes possam tomar uma melhor decisão, e para que seja valorizado o que de melhor têm essas ruas.

Friday, 9 November 2012

O STREETICS NO "EXPRESSO"

Para quem não leu, eis a notícia do semanário "Expresso" de dia 27 de Outubro sobre o STREETICS.


Thursday, 8 November 2012

16 MESES PARA VENDER UMA CASA

O Barómetro Mensal do portal imobiliário "IMOVIRTUAL" apurou que demora actualmente cerca de 16 meses, em média, para vender uma casa em Portugal.

Seguramente que este valor é diferente de zona para zona, e mesmo dentro de uma cidade, deverá divergir.

Daqui se depreende a importância da zona aquando da compra de um imóvel. Embora não seja o nosso pensamento no momento da escolha, é importante ter a noção, se um dia for necessário vender a casa, se ela está numa zona atractiva e onde a procura de imóveis é elevada.

Se esse momento surgir, o tempo de venda será seguramente mais longo se optar por uma zona onde a procura é diminuta.

Embora não haja indicadores precisos acerca deste tema, muitos portais imobiliários já indicam quais os concelhos onde há mais procura. Este é um dos sinais a ter em conta. Embora condicionado à disponibilidade financeira, e ao seu interesse pessoal em termos de gosto e de necessidade, é importante considerar mais este parâmetro no momento de decidir.

Pode recorrer ao STREETICS e comparar a nossa classificação em relação às diversas ruas. Especialmente ao nível do "Ambiente", é importante escolher uma rua onde o valor seja igual a superior a 10, o que indica no mínimo uma zona "Agradável".

Monday, 5 November 2012

HELP US TO MEET OUR MISSION



Our mission is to classify all the streets of every city all over the world. For this we need your help, not only  classifying the streets you know, but also sharing our platform through Facebook with your friends.

To classify a street just sign up with an e-mail and then in the selected city, write in the text box the name of the street.

Our classification is made "street by street", and has only in consideration the reality of the selected street. If  it's easy to park a vehicle, if it has trade and services, and what sort of street sorundings exist.

Subsequently this classification will be visible along with the classification of other users, as well as the average of ratings. It is a comparison between the views of users and our opinion.

It is also visible what we call "nearby", the best sorted list of streets in each parameter, ranked near the street. It allows us to show the best classified streets in each parameter in the area.

We count on you!
--------------------------------------------------------------------------------------

AJUDE-NOS A CUMPRIR A NOSSA MISSÃO

A missão do STREETICS é classificar todas as ruas de todas as cidades em todo o mundo. Para isso precisamos da vossa ajuda, não só a classificar as ruas que conhecem, mas também a partilhar a nossa plataforma através do Facebook com os vossos amigos.

Para classificar uma rua basta inscrever-se com um endereço de e-mail e depois na cidade seleccionada, escrever na caixa de texto o nome da rua.

A nossa classificação é feita "rua a rua", ou seja, tem apenas em consideração a realidade da rua seleccionada. Se é uma rua onde é fácil estacionar um veículo, se tem comércio e serviços, e qual o ambiente da rua.

Posteriormente esta classificação vai ser visível juntamente  com a classificação dos outros utilizadores, assim como a média das classificações. É uma comparação entre a opinião dos utilizadores e a nossa opinião.

É também visível o que chamamos "Aqui perto", e que é a lista das ruas melhor classificadas em cada parâmetro, perto da rua classificada. Permite-nos mostrar o que de melhor tem a zona.

Contamos consigo !